sobre empresas press release publicidade serviços contato log in




CABELEIRA
Umectação Capilar e Método UCPE
copie o look
O estilo da Kylie Jenner e onde encontrar as peças!
maquiagem
Resenha: Corretivo em pasta da PanVel.


Wishlist

Wishlist de maio 2016!

23 abril 2016

Adoro fazer wishlists, elas me deixam no controle do que preciso e do que é só mais uma febre de uma semana. E em maio vai ter roupa fitness sim, vai ter livro acadêmico sim, vai ter uma porrada de coisa da MAC sim e vai ter umas bijus fofas sim!!!

wishlistmaio16new

  1. MAC Emphasize Shaping Powder PRO – pode me perguntar porque eu quero outro iluminador se eu já tenho o melhor iluminador do mundo, o Mary-Lou Manizer… Mas entre os dois há uma grande diferença de função! Enquanto o meu queridinho da TheBalm é super brilhante o da MAC é totalmente sem brilho, ou seja, é super específico para contorno! Como todos os outros produtos em pó da MAC PRO o Emphasize não é mais vendido em caixinha, só em pan! Tem pra comprar aqui.
  2. Elementos do Estilo Tipográfico de Robert Bringhurst – Esse livro é tipo a bíblia da tipografia! E como essa é uma das matérias desse semestre, é super preciso, né? Além de tudo, esse livro tá entrando no hall das raridades já que a editora Cosacnaify bateu as botinas. Tem pra comprar aqui.
  3. Processamento Digital De Imagens por Rafael Gonzalez e Richard Woods – Aquele livro que você quer, mas que custa os dois olhos da cara + uns dois dedos da mão esquerda. Esse livro é praticamente um clássico, fundamental para o estudo da imagem digital. Tem pra comprar aqui.
  4. MAC Sculpt Sculpting Powder PRO – Esse é o irmão gêmeo do Emphasize, também serve para contorno, mas para a função contrária – esculpir o rosto. Apesar de amar o Bahama Mama, tô começando a achar ele meio pesado para contorno e pretendo usá-lo apenas como bronzer… E ah, tem um furo enorme no meu Bahama! haha Essa embalagem da foto é a especial da coleção da Maleficient, não ecsiste mais, mas é liiiinda! Tem pra comprar aqui.
  5. Maybelline Blush Dream Touch cor Peach – Depois de usar o bronze stick da Avon fiquei loooouca nessas coisas cremosas da vida das maquiagens. E agora, quero um blush! Tem pra comprar aqui.
  6. Blusa Nike Pro Max HZ – Então, né miga, no Rio Grande do Sul faz muito frio e ninguém quer virar picolé enquanto se exercita pra ficar lindona no verão. Já disse que não vou comprar mais roupa colorida? Vou contar tudinho sobre isso em outro post. Tem pra comprar aqui.
  7. MAC Sunbasque Powder Blush – O Sunbasque é lindo! Há boatos que é a cor que a Gisele usa! Estava há algum tempo querendo um blush que servisse como um bronzer mais brilhante e iluminador. E esse é ♥ Tem pra comprar aqui.
  8. O essencial da ilustração por S. Caplin, L. Salgado e A. Banks – Ilustração é uma cadeira que está no mínimo da minha SOS List da faculdade. realmente não sei o que eu vou fazer da vida quando esse momento chegar, porque eu não sei desenhar nem um boneco de palito. Tem pra comprar aqui.
  9. Piercing de Septo – A empresa que eu trabalho não deixa usar piercings visíveis… Então a gente tem que ser apelona e usar piercing falso. :/ Tem pra comprar aqui.
  10. Brinco Argola Gigante Dourado – Esse é aquele item: eu não quero, eu preciso. Certamente é o item mais desejado da lista, uma argolona bem linda. Tem pra comprar aqui
  11. Maiô Work, Work, Work – Esse item eu vi quando estava finalizando a wishlist, e apesar de estar frio pra caramba, eu quero muito! É ma-ra-vi-lho-so! <3 <3 Tem pra comprar aqui.

E vocês, quais são os desejos mais consumistas para maio?

 

 



Arquivado em: Blush, Calistore, Design, Fitness, Livro, Mac, Maquiagem, Nike, Tendenciachic, Wishlist


comentários



Cabelo

Resenha: Paul Mitchell Original – The Conditioner Leave-In

09 abril 2016

Mais do que necessário, um bom leave-in é fundamental. E não seria um sonho um leave-in ser levinho e muito, muito hidratante? Na resenha de hoje vocês vão conhecer o maravilhoso Paul Mitchell Original – The Conditioner!

Imagem: www.fernandahelms.com

O que a marca diz

É um condicionador nutritivo sem enxágüe.
Sua fórmula penetra nos fios, nutrindo-os e protegendo-os dos danos causados pelo calor do secador, poluição e sol.

Agentes hidratantes:
Extrato de Awapuhi – Antigo gengibre havaiano, conhecido por suas propriedades naturais.
Álcool Esterílico – Excelente agente hidratante.
Álcool Cetílico – Hidratante e emulsificante natural derivado do óleo da Palmeira, aumenta o brilho e facilita o desembaraçar.
Aminoácidos de queratina – Estas proteínas derivadas de cabelo humano também ajudam a fortalecer o cabelo danificado.

Como vocês puderam ver, o produto serve até para barbear/depilar e como hidratante. Mas não tive coragem de usá-lo nessas funções porque ele é muito bom para o cabelo!

Sobre o produto

5

O produto em si apresenta uma textura levíssima, quase gelatinosa, azul e levemente transparente. O cheiro me lembrou muito incenso e loção pós-barba, e o cheiro fica no cabelo.

Apesar da textura levíssima, não é necessário utilizar muito produto, ele é extremamente hidratante, ideal para cabelos finos porque ele não pesa nada! Se saiu muito bem também no cabelo seco, não deixou com aspecto “ensebado” nem com aspecto “brilho molhado”, foi absorvido rapidamente.

3

Assim como todos os produtos da Paul Mitchell, este leave-in é Cruelty Free, ou seja, não é testado em animais! <3

4

A composição é livre de sulfatos, petrolatos silicones insolúveis, o que torna o produto livre para No PooLow Poo! (saiba o que é Low Poo clicando aqui)

Recomendo não só para quem tem o cabelo fininho e faz Low Poo, recomendo para todo mundo! Tem para vender na Playshampoo – usando o código BlogsPlay tem 10% de desconto <3 <3



Arquivado em: Cabelo, Cruelty Free, Low-poo, Paul Mitchell, Playshampoo, Resenha


comentários



Cronograma Capilar

Reconstrução Capilar com Clara de Ovo

14 março 2016

Além da super popular queratina, existem outros ativos que promovem uma reconstrução capilar, tais como o colágeno, que pode ser encontrado nos ovos.

ovos

Imagem: Reprodução

Por isso hoje eu trago uma receitinha super simples para fazer uma reconstrução caseira alternativa à clássica com queratina.

Ingredientes

  • Clara de um ovo; e
  • Duas colheres de sopa de açúcar.

Como fazer

  • Lave o cabelo apenas com shampoo ou co-wash.
  • Na batedeira, ou usando um fouet (vai demorar mais) bata a clara em neve e, depois de formar a espuminha, adicione o açúcar, sem parar de bater.
  • Espalhe o “merengue” pelas partes do cabelo mais danificadas.
  • Deixe agir por 10 minutos.
  • Por cima da mistura, aplique uma máscara de Hidratação.
  • Enxague o cabelo e condicione.
  • Aplique nos cabelos três xícaras de água gelada filtrada com meia xícara de Vinagre de Maçã (isso fará uma selagem nos fios).
  • Finalize e seque como de costume.

 

Super simples né? E o melhor: muito barata! E não, miga, não vai deixar teu cabelo nem com cheiro de ovo e nem com cheiro de vinagre! Deixa os cabelos super macios e reduz muito as pontas duplas!

 



Arquivado em: Clara De Ovo, Colágeno, Cronograma Capilar, Receita Caseira, Reconstrução


comentários



Cabelo

Como fazer selagem com Vinagre de Maçã

15 fevereiro 2016

Toda vez que você passa por algum processo que abre as cutículas é importantíssimo que as mesmas sejam fechadas. Se você já teve aquela sensação de que o cabelo ficou pior depois de alguma máscara, esse é o motivo, suas cutículas não foram fechadas!

O único problema é que as selagens no salão são caras, e os produtos não profissionais além de contarem com diversos produtos proibidos, ainda são perigosos. Sem contar com os salões picaretas que fazem progressiva no lugar de botox, selagem, etc…

Com a selagem de Vinagre de Maçã, o ph do seu cabelo será equilibrado. A receita é muito simples!

Ingredientes:

  • 3 xícaras de água gelada e filtrada/mineral; e
  • ¹/2 xícara de vinagre de maçã (sim, tem que ser só de maçã!).

Como fazer:

Misture a água com o vinagre dentro de uma bacia e deixe “curtir” por pelo menos cinco minutos. Depois de lavar (ou fazer cowash) e usar a sua máscara, (caso faça queratinização, use esta receita, mas pule o passo da chapinha) enxague muito bem os fios.

Mergulhe o cabelo na bacia com vinagre e água e depois derrame o restante da água na cabeça. Deixe agir por no mínimo 5 minutos. Enxague bem e finalize com o condicionador (eu uso o Neutrox Clássico).

 

Fácil, né? O resultado são pontas lindas, e cabelo suuuuuuuuuuuuuper macio!

Até a próxima! 



Arquivado em: Cabelo, Hidratação, Low-poo, Nutrição, Queratinização, Receita Caseira, Reconstrução, Selagem, Vinagre De Maçã


comentários



Cabelo

Umectação Capilar e Método U.C.P.E.

09 fevereiro 2016

Oi! Hoje é dia de mais um post sobre cabelo! Ando muito inspirada para o assunto, haha  Hoje eu vou falar sobre umectação, uma técnica muito usada por quem é adepto do Cronograma Capilar, mas que pode ser usada pelos não-adeptos também!

capaoleos

A Umectação Capilar é um método que nasceu na Índia – há muito, muito tempo atrás – e quem vem tomado conta do mundo, e inclusive do Brasil, é claro. Na Índia, esta técnica é chamada de Champi, homens e mulheres se beneficiam desta técnica e, dizem, que este é o segredo dos cabelos enormes das indianas.

O conceito básico da Umectação Capilar é banhar os cabelos em óleo – principalmente a raiz – para que os fios absorvam os nutrientes do óleo. Lembra daqueles banhos de Óleo de Tutano de boi dos anos 90? É quase isso. Logo, se estamos falando de óleos e nutrição, esta etapa se encaixaria na fase de Nutrição do Cronograma Capilar. E é claro que você pode fazer a Umectação mesmo sem estar fazendo um Cronograma Capilar.

Óleos para Umectação

Existe uma infinidade de óleos que podem ser usados na umectação. Mas é importante lembrar que eles devem ser 100% naturais e extra-virgens (se for o caso).

oleosumectacao

  1. Óleo de Coco (tem várias marcas aqui);
  2. Óleo de Rícino/Mamona (tem aqui);
  3. Manteiga de Cupuaçu (tem aqui);
  4. Óleo de Abacate (tem aqui);
  5. Manteiga de Karité (tem aqui);
  6. Óleo de Oliva (tem aqui ou em qualquer supermercado);
  7. Óleo de Amêndoas (tem aqui);
  8. Óleo de Argan (tem aqui);
  9. Óleo de Ojon/Batana (tem aqui e aqui);
  10. Óleo de Semente de Uva (tem aqui e aqui); e
  11. Óleo de Pracaxi (tem aqui).

 

Como vocês puderam ver, o óleo de oliva é o mais fácil de achar, tem em qualquer mercado. Mas lembrem-se: tem que ser 100% vegetal e extra-virgem. Aconselho começar também pelo Óleo de Oliva porque esse é o que costuma dar mais certo para as pessoas. Pesquise as propriedades de cada óleo e escolha o seu favorito!

Como fazer Umectação

Depois de ter escolhido o óleo, a Umectação em si é bem simples. Molhe a ponta dos dedos e vá massageando o couro cabeludo suavemente, apenas com a parte macia do dedo, nunca com as unhas. Massageie por pelo menos 10 minutos, se tiver tempo faça por mais tempo! Depois da massagem vá puxando e umectando o comprimento do cabelo. Minha dica: não use muito óleo na primeira vez! Seu cabelo pode rejeitar! Comece aplicando pouco óleo e, depois de seco, analise se seu cabelo precisa de mais ou menos óleo.

A massagem estimula o couro cabeludo e a circulação e, segundo os indianos, é por isso que a técnica ajuda o cabelo a crescer. 

Você pode deixar o cabelo de 30 à infinitos minutos, algumas pessoas dormem com o óleo na cabeça.

Para retirar há duas maneiras: usando a Técnica U.C.P.E. (que explicarei detalhadamente mais abaixo) ou com shampoo. Se for retirar com shampoo utilize um shampoo Perolado e um Transparente, só assim o óleo vai sair totalmente. Confesso que não sou muito fã dessa técnica porque ela retira todo óleo e a barreira protetora que ele acabou de criar de uma maneira bem agressiva, ainda mais se for um shampoo com sulfatos fortes.

A técnica U.C.P.E.

U.C.P.E é  uma sigla para “Umectar, Condicionar, Pausar e Enxaguar” – e não, isso não é Co-Wash.

Depois de Umectar o cabelo como expliquei acima, você vai Condicionar os fios para retirar o creme, usando um condicionador sem sulfato e sem petrolato (pra ler sobre, clica aqui) eu uso o Elséve Óleo Extraordinário Nutrição Intensa. Vá aplicando o condicionador mecha a mecha, enluvando tudo que tiver óleo. A questão da quantidade de condicionador vai variar conforme a quantidade de óleo. Não esqueça de passar na raiz também! Desembarace os cabelos com os dedos e continue seu banho, não enxague imediatamente!

A Pausa deve durar pelo menos 15 minutos. “Ah, Fernanda, mas isso é tempo demais de banho!” Sem problemas, desde que você fique dentro do ambiente úmido e quentinho do banheiro, o chuveiro pode ficar desligado e você pode se sentar alegremente no vaso para esperar. E não, não pode por touca térmica, lembra do que tem na tua cabeça? É óleo querida! Quer fritar os cabelos? Não, né. 

Depois do tempo de pausa, é só Enxaguar. use bastante água até tudo sair completamente!

Nutrição com Creme

Caso você faça Cronograma Capilar, depois de Umectar e retirar (usando UCPE ou não) essa é a hora de dar mais uma nutrida usando uma máscara de Nutrição. ^^

Até a próxima! 



Arquivado em: Cabelo, Condicionador, Cronograma Capilar, Low-poo, Nutrição, Ucpe


comentários



Cabelo

Minha experiência com Low-Poo e os produtos que estou usando

07 fevereiro 2016

Sempre tive muita curiosidade acerca do Low-Poo, mas nunca tive aquela paciência para pesquisar e procurar os produtos adequados para a técnica. Tem uns três meses que eu parei com o cronograma capilar (leia mais sobre aqui), por preguiça mesmo sabe, e porque meu cabelo já estava lindinho e tudo mais… E então, nas últimas semanas meu cabelo se tornou uma palha seca do capeta, que se enredava sozinha, um verdadeiro ninho de passarinho 

lowloiro

Aproveitei que deveria comprar máscaras para o cronograma e resolvi pesquisar sobre o Low-Poo. E de cara a minha favorita Silicon Mix (leia uma resenha sobre a máscara aqui) foi banida  Mas sabe que parece que nem vai fazer falta? Vou contar tudo mais abaixo, mas antes vocês precisam saber o que é Low-Poo.

Afinal de contas, o que é Low-Poo?

Não, poo não vem de cocô em inglês, não se assuste! hahaha Low em inglês quer dizer pouco, e Poo vem de Shampoo, sacou? Logo, a técnica consiste basicamente em usar menos shampoo do que se usaria normalmente, ou shampoos mais leves. Essa técnica foi publicada por Lorraine Massey no livro/manifesto Curly Girl.

Ok Fe, então é só eu lavar o cabelo menos vezes? Não, não é só isso!

Os shampoos tem, em sua maioria, sulfatos na formulação que secam o seu cabelo, pois eles são derivados do ácido sulfúrico e do enxofre! E sim, o sulfato possui sais, por isso ele suga a águinha do seu cabelo! Mas por que diabos a indústria colocaria algo tão nocivo à saúde dos fios em uma fórmula de shampoo? Porque os mesmo shampoos possuem os petrolatos, substâncias que camuflam os danos nos fios criando o famoso “filme protetor”. Os petrolatos só podem ser removidos com o uso dos sulfatos.

Ok, mas qual é o mal nisso? O mal, é que criando esse filme nos cabelos os petrolatos não deixam nada nem de ruim nem de bom ter contato com os fios, fazendo todas aquelas hidratações, nutrições e restaurações serem, tipo, inúteis.

Mas como saber o que possui sulfatos e petrolatos? E aquela etiqueta que diz “Sem Sal” quer dizer alguma coisa? Sim, aquela etiqueta quer basicamente dizer que a marca está querendo te fazer de trouxa, fofurinha! Esta etiqueta diz apenas que a fórmula não possui Cloreto de Sódio, que é o nome científico do sal de cozinha, mas outros sais continuam lá! Fiz uma tabelinha com  os nomes dos principais compostos que você deve evitar, fica de olho:

lowpootabela1

Além dos petrolatos, existem outras substâncias que não são solúveis em água, são os silicones. Mas usar silicones, pode? Desde que o shampoo que você usa contenha Cocamidopropyl Betaine na fórmula, sim! Além do Betaine, existem outros compostos que não são sulfatos fortes que irão dissolver os silicones. Basicamente todos os silicones mais comuns são solúveis no Betaine, por isso eu apenas procuro por ele nas fórmulas. Os silicones são: Dimethicone, Dimethiconol, Phenyl Trimethicone, Amodimethicone, Clyclomethicone, PEG-modified dimethicone e Dymethicone copolyol.

Logo, resumindo tudo seu shampoo (e outros produtos de cabelo) não devem conter Sulfatos e Petrolatos, mas podem conter Silicones se o shampoo contiver Cocamidopropyl Betaine!

Mas e esse tal de co-wash?

Co-wash é uma técnica utilizada comumente pela galera cacheada/crespa mundo à fora, mas se você for lisa e tiver cabelo seco é também recomendado! Co-wash é tão simples quanto o Low-Poo e pode ser feito em conjunto! Para realizar o co-wash basta você lavar o cabelo com condicionador.

Sim, você não leu errado, miga! Você vai sim passar condicionador na tua raiz lindamente, minha jovem!  Mas é claro, não é qualquer condicionador, além de não conter sulfatos (o que geralmente eles já não tem, mas vai saber) e petrolatos e também proibido o uso de silicones.

Você deve estar aí se perguntando porque eu lavaria meu cabelo com condicionador… Simples, para hidratá-lo/nutri-lo e evitar o ressacamento do shampoo! O condicionador já possui óleos na formulação, e possui emolientes assim como o shampoo, então, porque não?

Mas e aí, essa loucura deu certo?

Deu (muito!!!!!!!!) certo! Sério, meu cabelo foi de ninho de passarinho a seda da Índia! haha

O que eu fiz foi o seguinte:

  • Lavei meu cabelo com um Shampoo com sulfato e sem petrolatos, para retirar todos os petrolatos do cabelo. Usei o Neutrox S.O.S Tratamento de Choque e o OX Cachos Definidos, que eram os dois que se encaixavam no quesito com sulfato e sem petrolato. Olha, lavei bem, bem mesmo, até sentir que o cabelo estava ultra-limpo.
  • Só pra dar uma “carimbadinha” de leve, usei um pouco do shampoo liberado para Low-Poo, depois de enxaguar bem os outros dois.
  • Usei o condicionador liberado para co-wash como co-wash, lavando o cabelo. Nessa parte já senti enorme diferença, meu cabelo tinha ficado super seco por causa dos outros dois shampoos com sulfato.
  • Usei novamente o condicionador como condicionador mesmo, enluvando os fios, retirei todo o produto muito bem.
  • Usei uma máscara de hidratação liberada para low-poo, já que associei a técnica ao cronograma capilar.
  • Enxaguei e usei leave-in e gel para cachos também liberados.

Ufa! Deu uma trabalheira mas só porque essa foi a primeira vez!

O que eu senti é que meu cabelo se recuperou 80%! Coisa que ele só faz depois do segundo ciclo de cronograma normal. No meu desespero fiz várias vezes tratamento com Silicon Mix mas para a parte mais danificada do cabelo não estava adiantando nada. Agora com os produtos sem sulfatos e petrolatos a parte danificada até criou cachinhos fofos!  Meu cabelo nunca ficou tão definido, e eu nem fiz fitagem, imagina quando fizer! Recomendo 110%!

Produtos que eu uso

Antes de qualquer coisa, recomendo a vocês olharem seus produtos, quem sabe não tem um liberado entre eles?

produtoslow1

Apesar de ter bastante polêmica no fato da Morte Súbita da Lola Cosmetics ser colocada como R, sinto que ela é R sim! Mas com agentes das outras fases, que auxiliam para que o cabelo não fique daquele jeito meio duro! Fiquei super triste em descobrir que a minha queratina usual é proibida, nem é uma queratina direito, parece parafina líquida! 🙁 Ainda estou pesquisando outra para usar junto com a MS!

O Shampoo da J&J é super cheirosinho, e limpa muito bem! O Condicionador da Elséve Óleo Extraordinário Nutrição Intensa eu taquei direto na cabeça e AMEI! Mas cuidado que essa linha tem outra apresentação que não é Nutrição Intensa, e ela é proibida para Co-Wash! A máscara da Pantene Hidratação Intensa e o creme da Seda Óleo Hidratação foram uma grata surpresa, baratinhos e muuuito bons! O Capicilin Define-Control eu já usava faz tempo, e é totalmente liberado!  O Dream Cream da Lola também gera polêmica sobre em qual fase ele se encaixa, para mim ele é uma super nutrição.

Perguntas Frequentes

Se faço low-poo, preciso fazer co-wash?

Não! É totalmente opcional, mas se seu cabelo é seco eu super recomendo!

Como posso ir intercalando shampoo e co-wash?

Você pode usar assim:

  • Shampoo SS (Sem Sulfato) e SP (Sem Petrolato) + Condicionador SS e SP.
  • Shampoo SS e SP + Condicionador SS, SP e SSi (Sem Silicones) / Co-Wash.
  • Apenas Co-Wash.
  • Co-Wash + Condicionador SS e SP.

Mas se você faz low é muito importante que pelo menos uma vez na semana lave com shampoo, principalmente se outros produtos da sua rotina usam Silicones (CSi).

Se faço Low-Poo preciso seguir o cronograma capilar?

Claro que não, é totalmente opcional. ^^

Onde você aprendeu sobre Low-Poo?

Esses sites além de terem me ajudado também foram fonte de pesquisa para este post!

 

Espero que tenham gostado do post e que eu tenha conseguido esclarecer (pelo menos superficialmente) os pontos mais importantes da técnica. Até a próxima!

(mais…)



Arquivado em: Co-wash, Cronograma Capilar, Low-poo


comentários



Fitness

Como eu perdi 2,3 quilos em 20 dias comendo saudavelmente

30 janeiro 2016

Eu sinceramente achei que a dieta não ia funcionar, eu tinha que comer MUITA coisa, principalmente no almoço.

Na primeira semana já tive uma surpresa: menos 800 gramas! Sério, eu achei que ia emagrecer isso em um mês! Se vocês não leram o meu post sobre a dieta, sim, eu estou de dieta e meu objetivo é perder quase oito quilos. Além dos quilos, é claro, um dos objetivos é perder medidas e me reeducar para passar a comer mais saudavelmente! Para isso fiz até uma tabelinha para ficar mais fácil de ver os resultados:

dieta1

 

Sim, no total foram 2,3 quilos e menos dois centímetros de cintura inferior – que estava em risco, já que o máximo para mulheres é 88 cm. Sinceramente, a dieta não foi nenhum sacrifício, e não sofri como muitas pessoas dizem que sofrem. Só para relembrar, fui à uma nutricionista que me orientou em tudo, são seis refeições durante o dia que seguem uma tabela de porções e equivalências – falei mais sobre isso nesse post. Além da dieta, eu já praticava Pilates, o que já me ajudava muito com minhas dores nas costas e com a postura e passei a fazer Bike HIIT, que é assunto para outro post.

Apenas em um dia eu senti muita fome e tive uma quedinha no açúcar e acabei comendo uma tirinha de chocolate >< Fora isso foi bem tranquilo, difícil é ver as pessoas comendo Rissole de queijo gigante na sua frente na faculdade haha.

Minto, foi/está sendo nada tranquilo tomar essa coisa do capeta chamada suco verde, PORQUE DIABOS ESSE NEGÓCIO É TÃO HORRÍVEL? Os únicos “tomáveis” foram os de abacaxi e ameixa e o de couve com limão, porque o limão escondeu totalmente o gosto da couve – couve é horrível, meu deus. Apenas rezando por um mundo em que as pessoas criem mais e mais recheios para as tapiocas, pois eu AMO essa parte da dieta <3

Fim de fevereiro tem mais atualização da dieta <3 #RumoAMenosCinco



Arquivado em: Dieta, Fitness


comentários





Navegar é preciso! >> 123456